relações, relações, relações

by - 4:58 AM

(Aveiro, Portugal)

É incrível o que podes sentir.

Cada um tem uma relação diferente, seja ela à "distância", seja ela de "fins-de-semana" ou de "folgas", seja ela "diária", seja ela como for. E cada um de vocês vive como acha que tem que ser...

A minha relação é a clássica à "distância", ambos somos de cidades completamente opostas, eu de Lisboa e ele de Aveiro, e ambos estudamos em cidades separadas pela Serra, eu na Covilhã e ele em Coimbra. 
Mas as coisas lá se "alinharam" e nós lá nos conhecemos. 

Isto para vos explicar que não é fácil qualquer relação seja ela ou não à distância e claro que todas relações têm bons dias e maus dias, mas a verdade é que o que me custa mesmo é o momento do "ir embora". 
Aquele momento em que sabes que está quase e queres só mais uns minutos, porque ainda não estás bem preparada, aquele momento em que estás a chegar aos autocarros, aos comboios ou ao carro e sabes que daqui a x minutos "adeusinho" e esperar que nem um nem outro esteja com "demasiado" trabalho na faculdade para poderem estar juntos..
E depois aquela sensação de que por mais contente que estejas porque passaste um bom fim-de-semana, porque foi divertido, porque sabes que vocês estão bem, sentes que a semana vem aí e tu ou ele têm que ir embora.
O fim-de-semana é curto, sempre!

Mas o melhor de tudo? Como eu digo " lá vou eu pelos caminhos de Portugal". 
Conheci pessoas novas, conheci cidades novas, e aprendi o que é estar numa relação à distância (aprendi a acreditar que as relações à distância podem resultar, que não são as mais fáceis, que não é fácil organizar o tempo, que o tempo passa ainda mais rápido, mas que no final vale a pena!)

E tu? Como é a tua relação?


You May Also Like

1 comentários

  1. A relação à distancia custa muito, mas sempre que voltamos a estar juntos é como se aquele tempo em que tivemos separados não tivesse existido e aquilo que sentimos um pelo outro é maior que da última vez! O momento da despedida é horrível, porque achamos que já estamos preparados e que já passámos por isso vazes sem conta, mas afinal custa sempre o dobro do que custou da última vez... Não é impossível, pelo menos quando vale a pena e nós sabemos disso :D
    Identifico-me muito com este post, beijinhos.

    ReplyDelete